Ubatuba investe 15 milhões na área da saúde

Ubatuba investe 15 milhões na área da saúde

Parte da verba será destinada ao final das obras da Unidade Básica de Saúde no centro da cidade

Maquete da futura UBS no centro da cidade que tem prazo para ficar pronta até julho do próximo ano.(Foto:Divulgação)

Em nove meses (até julho do próximo ano), Ubatuba vai ganhar mais uma Unidade Básica de Saúde (UBS), um Centro De Atenção Psicossocial (CAPS) e um outro de Referência de Álcool e Drogas (CREAD). Os projetos só foram possíveis graças a uma parceria com a Secretaria Estadual da Saúde, que disponibilizou – via Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) – R$ 12 milhões. Outros R$ 3 milhões serão aplicados para a reforma do posto de saúde do Ipiranguinha e Puruba.

Segundo o secretário municipal da Saúde, Alessandro Cacciatore, a nova UBS já está sendo construída no centro da cidade e receberá duas equipes de Estratégia de Saúde da Família (ESF) no Centro, que correspondem às unidades do bairro Umuarama e Sumaré, que atualmente estão localizadas em imóveis alugados.

A Secretaria de Comunicação informou que o prefeito garantiu ser este investimento um avanço na melhoria da saúde “Esta parceria com o governo do Estado nos permitirá avançar e assim dar início ao nosso programa de recuperação da saúde pública municipal”, afirma o prefeito Delcio Sato.

A parceria faz parte do programa “Saúde em Ação”. Por intermédio dele, são construídas novas unidades de saúde, é feita a capacitação dos servidores e ainda investe-se em equipamentos nas unidades. Dessa forma, reduz-se o volume de pacientes nos hospitais e ao mesmo tempo melhora-se a infraestrutura e a qualidade no atendimento.

Saúde em Ação

O “Saúde em Ação” é um programa do estado de São Paulo cujo intuito é fortalecer e melhorar a qualidade dos serviços prestados à população. O programa financia 826 milhões de reais em 71 municípios, incluindo o Litoral Norte. O programa conta com a parceria do Governo do Estado e com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O projeto pretende realizar 163 obras na área da saúde no Brasil.

 

NENHUM COMENTÁRIO ATÉ O MOMENTO

Leave a Reply