Gestão de UPA e UBS de Caraguatatuba tem concorrentes nomeados

Gestão de UPA e UBS de Caraguatatuba tem concorrentes nomeados

0 325

Prefeitura informa os nomes das empresas que se inscreveram para participar de processo licitatório do gerenciamento da saúde municipal.

Unidade de Pronto Atendimento de Caraguatatuba. (Foto: Acervo Fotográfico Municipal)

Secretaria Municipal de Saúde de Caraguatatuba encerrou o período de inscrições do processo licitatório destinado às Organizações Sociais de Saúde para contrato de gerenciamento de serviços na área de saúde na rede municipal.

Seis empresas se credenciaram para a disputa, são elas: Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, que trabalha com gestão hospitalar e educacional em todo o país, dentre elas a gestão do Hospital Escola de Jundiaí; Instituto ACQUA – Ação, Cidadania, Qualidade Urbana e Ambiental, referência de gestão hospitalar na cidade de São Luiz-MA, atuando no Hospital Infantil Dr. Juvêncio Mattos e das maternidades estaduais Marly Sarney, Nossa Senhora da Penha e Benedito Leite; Organização Social João Marchesi que é a empresa gestora atual da área de saúde em Caraguatatuba e do Hospital João Marchesi em Penápolis-SP.

Para completar o quadro de inscrições há a  ANAESP – Associação Nacional de Apoio ao Ensino, Saúde e Políticas Públicas de Desenvolvimento, administradora atual do Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo e do Hospital São Paolo em Santana-SP; INDSH – Instituto Nacional de Desenvolvimento Social e Humano, administradora da UPA na cidade de Ponta Grossa-PR; e CISNE – Associação Beneficente, que desde a sua fundação, em 1986, atende crianças, jovens, adultos e idosos com limitação de autonomia psicossocial (deficiência mental/intelectual).

A vigência do contrato de gestão será de 12 meses, a contar de sua assinatura, podendo ser prorrogado por até 60 meses, desde que haja concordância de ambas as partes e fique demonstrada a consecução dos objetivos estratégicos e das metas estabelecidas.

A empresa licitada assumirá UBS, o Centro de Especialidades Médicas e o UPA. (Foto: Acervo Fotográfico Municipal)

De acordo com a Secretaria de Comunicação de Caraguatatuba, para a empresa ser escolhida deve atingir as metas estabelecidas no edital de concorrência pública. Dentre as exigências do edital estão ações eficazes para a administração dos serviços de saúde em urgência e emergência hospitalar fixo e móvel e também desenvolver ações e metas para a gestão de pessoas e para a articulação com a rede de serviços.

O Instituto João Marchesi é a atual Organização Social responsável pelo atendimento, porém o contrato venceu em março e recebeu um aditamento até junho.

O motivo da abertura de um novo processo licitatório deve-se a problemas identificados no contrato atual e a atual administração espera que com estas alterações haja uma maior cobertura de atendimentos e a ampliação de serviços à população.

A empresa vencedora assume todos os serviços de atendimento nas Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) e nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA) do Jardim Primavera e do Bairro Perequê Mirim.

O novo plano de ação será formulado pela Secretaria da Saúde juntamente com a organização social que for escolhida, após analisar as necessidades de mudanças levantadas pela população de Caraguatatuba.

 

NENHUM COMENTÁRIO ATÉ O MOMENTO

Leave a Reply