Ubatuba é selecionada para o Conecta Biblioteca

Ubatuba é selecionada para o Conecta Biblioteca

0 197

O objetivo do programa é aumentar o número de usuários nas bibliotecas públicas do Brasil

Entrada da biblioteca municipal de Ubatuba, local onde funciona o programa, de segunda a sexta (Fotos: acervo pessoal)

A Biblioteca Pública Municipal de Ubatuba “Ateneu Ubatubense” foi selecionada para o programa Conecta Biblioteca, que oferece apoio e formação para bibliotecários, com o objetivo de aprofundarem seu papel como agentes de transformação.

A ONG Recode, Fundação Bill & Melinda Gates e a Caravan Studios, realizadoras do projeto, receberam inscrições de 180 bibliotecas brasileiras. Ao todo, foram selecionadas 92 bibliotecas de 24 estados e Distrito Federal.

O programa tem como objetivo aumentar o número de usuários de bibliotecas públicas no Brasil, principalmente os jovens, por meio de programas de preparação educacional e de trabalho que estão relacionados com as necessidades da comunidade, dando suporte para o crescimento das bibliotecas em todo o País.

“Os jovens vão reinventar a biblioteca. Na etapa inicial de pesquisa da comunidade, serão os “Sherlock Holmes” que investigarão os anseios da comunidade, para que em cima desses anseios, criemos uma programação que os aproxime da biblioteca e de fato faça a diferença na vida desses jovens”, diz a bibliotecária Keila Redondo.

O projeto disponibiliza quatro cursos online gratuitos pela plataforma Recode com certificado emitido pela Microsoft.  A ideia é acrescentar cursos de outras áreas além da informática. As aulas são focadas para jovens entre 13 e 29 anos, mas podem ser acessadas por pessoas de qualquer faixa etária.

Computador disponível para usuários da biblioteca

De acordo com a monitora Fernanda Gonçalves, o curso mais acessado é de Jogos de Lógica e Programação. A biblioteca oferece computadores com internet para pessoas que não têm esse tipo de acesso em sua residência. Também fica disponível um monitor para auxiliar na hora do cadastro nos cursos.

Jucimara Marques, de 41 anos, que está cursando Jogos de Lógica e Introdução à Programação, disse que o curso é bem interessante, e sempre que encontra dificuldade procura a biblioteca para orientá-la.

“Estamos fazendo uma consulta de opinião online, para registrar a imagem que as pessoas têm atualmente da nossa biblioteca. Num segundo momento, pela “Pesquisa da Comunidade”, os jovens líderes conectados ao programa, irão até aqueles que, por muitas razões – como distância geográfica, exclusão digital, social, desinformação etc – não têm acesso às oportunidades de desenvolvimento tecnológico, cultural, pessoal”, informou a bibliotecária Keila Redondo.

NENHUM COMENTÁRIO ATÉ O MOMENTO

Leave a Reply