1º Caraguá Beer reúne mais de uma dezena de cervejarias artesanais

1º Caraguá Beer reúne mais de uma dezena de cervejarias artesanais

0 118

Evento contou com mais de 30 "Beer Trucks", 11 bandas locais e uma do Rio Grande do Sul

Festival reuniu os mais variados sabores, texturas e aromas de cervejas(Foto:Cláudio Gomes)

Aconteceu nos dias 20,21 e 22 de outubro o primeiro festival de cerveja artesanal do Litoral Norte, na praça de eventos de Caraguatatuba, no centro da cidade. O 1º Caraguá Beer Festival reuniu mais de trinta “beer trucks”, “food trucks”, bar temático, estandes para comercialização de salgados, camarões, doces, espetinhos e milk shakes.

O festival reuniu bandas locais de Rock, Jazz e Blues e até uma banda do Rio Grande do Sul, a Mustache e os Apaches. Mas o ponto alto foram mesmo as cervejas artesanais de diferentes sabores, tonalidades, texturas e aromas que fizeram alegria dos apaixonados por bebidas.

Estiveram no evento as cervejarias Sapucaí, Balmann, Madalena, Dortmund, Cervejoca, Quinta do Malte, Cervejaria do Brasil, Hebling, Berggren, Colorado, entre outras.

Thiago Torres, formado em Somelier pelo Instituto da cerveja do Brasil(ICB), foi um dos expositores do trailer “Camarim Barber Club”, bar com estilo pub de cervejas artesanais, frutadas, cremosas, sabor bacon, cervejas tropicais entre outros 120 sabores. Seu trailer foi um dos mais procurados pelos amantes da cerveja. As faixas de preços cobradas pela bebida variaram de R$ 7,00 a R$ 70,00.

O somelier explicou que a cerveja tem três parâmetros para serem avaliados por degustadores: semelhança, contraste e potência. A mais solicitada em seu trailer foi a cerveja Dama Pilsen, produzida pela cervejaria Dama que conquistou a medalha de ouro no 14º European Beer Star 2017, realizado em Munique, na Alemanha. Este prêmio é considerado o melhor do mundo.

Banda gaúcha foi atração que mais atraiu o público (Foto: Cláudio Gomes)

O trailer de Thiago também chamou a atenção dos apreciadores de cerveja por ter uma tabela periódica das cervejas em que cada elemento químico correspondia a uma característica da bebida. Além disso na tabela estava detalhada toda a produção, desde o plantio da cevada, a mostura, fervura, fermentação, filtração, fermentação, até a finalização do processo de fabricação da cerveja.

Segundo os organizadores, não houve qualquer problema de segurança durante os três dias do evento. Alex Sandro, segurança da empresa contratada para o serviço, disse que o evento superou suas expectativas em relação à quantidade de público que prestigiou o evento. “Da tarde para a noite, por volta das 6h,  era a o momento que mais lotava, até por que as bandas começavam a se apresentar neste horário.”

 

NENHUM COMENTÁRIO ATÉ O MOMENTO

Leave a Reply