Eleições do novo presidente da Sindserv será em setembro

Eleições do novo presidente da Sindserv será em setembro

0 134

As duas chapas destacam a necessidade de criação do plano de cargos, carreira e salários

Candidatos das duas chapas durante eleição da comissão eleitoral 2017. (Foto: divulgação).

Dia 13 de setembro acontecerá as eleições do novo presidente do Sindserv (Sindicato dos Servidores Públicos de São Sebastião). Sindicalizados elegeram na primeira semana de agosto, na sede central, a comissão eleitoral do sindicato. Ao todo, 79 sindicalizados participaram e elegeram para a comissão: Luciana dos Santos, com 24 votos, Francisco Ferreira Bonfim, com 18, e Ocimar Barbosa, com 16.

A comissão eleita em agosto deve amparar a presidente do pleito na condução de todos os processos eleitorais realizados, como julgar as impugnações de candidaturas, os recursos e as petições das chapas concorrentes, de acordo com o regulamento.

A candidata da chapa um, Audrei Guatura, 43, servidora municipal no cargo de Agente de Combate as endemias e atual presidente do Sindserv. Desde 2011, decidiu participar diretamente das ações do sindicato, mas só em 2014 foi eleita presidente.

O candidato da chapa dois, Paulo Henrique, 39, atualmente é assistente de pessoal e advogado, mas também é servidor público desde 1998. Formado em Direito, já foi eleito membro da CIPA, Secretário de Governo, Secretário de Educação, Chefe de Gabinete, Vice Prefeito e Vereador.

Para Paulo, uma das propostas de melhoria no sindicato seria “elaborar, em parceria com a administração, o Plano de Cargos, Carreira e Salários”. Para Audrei, esse ponto também é destaque. “Garantir a efetiva implantação da criação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS), dos Estatutos do Magistério e da Guarda Civil Municipal (GCM), que já estão em andamento”, explica a candidata.

Quando se tratou de prioridades para o sindicato, Audrei citou que é estar em constante luta pela garantia dos direitos dos trabalhadores, sempre buscando melhores condições de trabalho e a valorização de toda a categoria. Já Paulo, diz ser, lutar pela valorização do servidor público.

Recentemente foi enviada à Câmara de São Sebastião, pela atual gestão administrativa, a proposta visando alteração no artigo 95 do estatuto, que trata da junta médica. As duas chapas se mostraram em desacordo com a atitude do governo, pois não é correto mudar a Lei Complementar 146/2011 sem consultar o Sindicato dos Servidores que é o representante legal da categoria.

Discussão durantes as normas da eleição 2017

Segundo o site do sindicato, em uma reunião para estabelecer as regras da eleição 2017 do Sindserv, que aconteceu na semana passada, houve uma discussão entre as chapas onde supostamente foram agredidos o advogado do sindicato e a atual presidente, Audrei Guatura.

Ainda de acordo com o site, a agressão partiu da chapa dois e um dos eleitos da assembleia e demais funcionários tiverem que intervir na situação. “Se exaltou no momento que a presidente resolveu unilateralmente alterar o que tinha sido decidido na reunião anterior. A única falha dele (um dos membros da chapa dois) foi com relação a ter empurrado a porta da sala e que o candidato a Vice Presidente da Chapa 01 também empurrou a porta”, afirmou Paulo Henrique.
Paulo Henrique não estava no momento dessa suposta agressão, pois o Regimento Eleitoral só permite que a atual gestão participe na qualidade de presidente do pleito. No entanto, ele disse ter ouvido ambos os lados. Contou ainda que solicitou que façam o ressarcimento caso tenha ocorrido algum dano. “Eu disse que não concordo com qualquer tipo de agressão ou dilapidação do patrimônio”, completou. Referente à discussão ocorrida, até o fechamento desta matéria, Audrei Guatura não havia se pronunciado.

 

NENHUM COMENTÁRIO ATÉ O MOMENTO

Leave a Reply