Authors Posts by Patrícia Pereira

Patrícia Pereira

6 POSTS 0 COMENTÁRIOS

0 124

Evento contou com mais de 30 "Beer Trucks", 11 bandas locais e uma do Rio Grande do Sul

Festival reuniu os mais variados sabores, texturas e aromas de cervejas(Foto:Cláudio Gomes)

Aconteceu nos dias 20,21 e 22 de outubro o primeiro festival de cerveja artesanal do Litoral Norte, na praça de eventos de Caraguatatuba, no centro da cidade. O 1º Caraguá Beer Festival reuniu mais de trinta “beer trucks”, “food trucks”, bar temático, estandes para comercialização de salgados, camarões, doces, espetinhos e milk shakes.

O festival reuniu bandas locais de Rock, Jazz e Blues e até uma banda do Rio Grande do Sul, a Mustache e os Apaches. Mas o ponto alto foram mesmo as cervejas artesanais de diferentes sabores, tonalidades, texturas e aromas que fizeram alegria dos apaixonados por bebidas.

Estiveram no evento as cervejarias Sapucaí, Balmann, Madalena, Dortmund, Cervejoca, Quinta do Malte, Cervejaria do Brasil, Hebling, Berggren, Colorado, entre outras.

Thiago Torres, formado em Somelier pelo Instituto da cerveja do Brasil(ICB), foi um dos expositores do trailer “Camarim Barber Club”, bar com estilo pub de cervejas artesanais, frutadas, cremosas, sabor bacon, cervejas tropicais entre outros 120 sabores. Seu trailer foi um dos mais procurados pelos amantes da cerveja. As faixas de preços cobradas pela bebida variaram de R$ 7,00 a R$ 70,00.

O somelier explicou que a cerveja tem três parâmetros para serem avaliados por degustadores: semelhança, contraste e potência. A mais solicitada em seu trailer foi a cerveja Dama Pilsen, produzida pela cervejaria Dama que conquistou a medalha de ouro no 14º European Beer Star 2017, realizado em Munique, na Alemanha. Este prêmio é considerado o melhor do mundo.

Banda gaúcha foi atração que mais atraiu o público (Foto: Cláudio Gomes)

O trailer de Thiago também chamou a atenção dos apreciadores de cerveja por ter uma tabela periódica das cervejas em que cada elemento químico correspondia a uma característica da bebida. Além disso na tabela estava detalhada toda a produção, desde o plantio da cevada, a mostura, fervura, fermentação, filtração, fermentação, até a finalização do processo de fabricação da cerveja.

Segundo os organizadores, não houve qualquer problema de segurança durante os três dias do evento. Alex Sandro, segurança da empresa contratada para o serviço, disse que o evento superou suas expectativas em relação à quantidade de público que prestigiou o evento. “Da tarde para a noite, por volta das 6h,  era a o momento que mais lotava, até por que as bandas começavam a se apresentar neste horário.”

 

0 51

A área de construção é a que mais apresenta empregos

Trabalhadores aguardando vagas disponíveis no PAT (Foto:Cláudio Gomes)

O Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) de Caraguatatuba está com novas vagas para o mês de outubro. Todas as vagas estão cadastradas no site da Prefeitura, na área do Serviços ao Cidadão.

O interessado deve apresentar os documentos pessoais (RG, CPF, CTPS e PIS) no PAT ou no Poupatempo de Caraguatatuba.

As vagas possuem perfis específicos com relação à experiência, escolaridade, entre outros, podendo sofrer variações e não estarem mais disponíveis se atingirem o limite máximo de encaminhamentos, ou ainda, em caso de encerramento pelos empregadores que as disponibilizaram.

“A disponibilidade de vagas aumentaram nas últimas semanas, diminuindo assim o número de desempregados na cidade”, disse o funcionário do PAT Ygor Ribeiro dos Santos.  Ele ainda ressalta para que o cidadão não esqueça seus documentos pois sem eles o cadastro não poderá ser concluído.

Vagas de emprego crescem em Caraguatatuba(Foto:Divulgação)

Confira abaixo o quadro explicativo com as vagas disponíveis,requisitos para concorrer a vaga,região e se é exigida experiência.

Ocupação Nº Vagas  Nível de instrução Exige experiência (em meses) Região
Assistente de vendas 1 Médio completo 06 —–
Auxiliar administrativo (PCD) 1 Médio completo 04 —–
Auxiliar de escritório (estágio em adm ou ciências contábeis) 1 Superior cursando 04 —–
Auxiliar de laboratorista de solos e concreto (PCD) 1 Médio completo 05 —–
Auxiliar de mecânico de autos 1 Fundamental incompleto 05 —–
Auxiliar de trafego 1 Fundamental completo 06 —–
Auxiliar financeiro 2 Superior completo 05 —–
Auxiliar técnico de refrigeração 1 Médio completo 06 —–
Chapeiro de aço (Calheiro) 1 Fundamental completo 06 —–
Cozinheiro 5 Fundamental completo 06 —–
Eletricista de Instalações 1 Fundamental completo 06 —–
Eletricista de manutenção em geral 1 Médio completo 06 —–
Empacotador, a mão (PCD) 1 Médio completo 05 —–
Empregado domestico 1 Fundamental completo 06 —–
Empregado domestico (dormir no local) 1 Fundamental completo 06 —–
Estampador de tecidos 1 Fundamental incompleto 05 Centro
Esteticista (depiladora) 1 Fundamental completo 06 —–
Farmacêutico 3 Superior completo 06 —–
Garçom 2 Fundamental completo 05 —–
Mecânico de automóveis 1 Médio completo 06 —–
Operador de bomba de concreto 1 Fundamental incompleto 06 —–
Operador de telemarketing ativo e receptivo 2 Médio completo 06 —–
Repositor de mercadoria (PCD) 1 Médio completo 05 —–
Saladeiro 1 Fundamental completo 06 —–
Supervisor de vendas 1 Médio completo 06 —–
Torneiro mecânico 1 Fundamental incompleto 06 —–
Tosador de animais 1 Médio completo 06 —–
Técnico em instrumentação 1 Médio completo 06 —–
Vendedor de consórcios (possuir veiculo próprio) 1 Médio completo 06 —–
Vendedor de serviços 1 Médio completo 06 —–
Vendedor interno (possuir CNH B) 1 Fundamental completo 06 —–
Vendedor pracista (segmento de bebidas e cigarros) 1 Médio completo 06 —–
Vendedor pracista (segmento de financiamento de veiculos) 1 Médio completo 06 —–
Vendedor pracista 3 Médio completo 06 —–

 

O Posto de Atendimento ao Trabalhador de Caraguatatuba (PAT) tem como objetivo promover oportunidades de emprego e inserção no mercado de trabalho e não oferece informações sobre vagas por telefone, detalhes sobre as vagas somente pessoalmente no local.

O posto funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. A distribuição de senhas de atendimento é feita diariamente até 16h30.O PAT está localizado na Rua Taubaté, 520, bairro Sumaré. O telefone é (12) 3882-5211.

 

Mara Cirino explicou sobre as estratégias de Marketing e assessoria da Fundação

Mara transmitiu um pouco de suas experiências na área de assessoria da FUNDACC (Foto:Bianca Oliveira)

Mara Cirino realizou no segundo dia de Semana Institucional (19/09) palestra sobre as estratégias de Marketing e assessoria da Fundação educacional e Cultural de Caraguatatuba (FUNDACC).

Formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, em 1992, pela Universidade de Ribeirão Preto (Unaerp), Mara já trabalhou como repórter, chefe de reportagem e editora em veículos de comunicação impressa como A Notícia, Diário da Região, Folha de Rio Preto, Dia e Noite, DHoje Interior, Vale Paraibano e Imprensa Livre.

Nos meios eletrônicos, atuou na TV Record Rio Preto como produtora de telejornal e nas rádios CBN, Brasil Novo, Cultura e Morada como repórter, produtora e apresentadora. Trabalhou muito na área do jornal impresso e atualmente trabalha na assessoria de comunicação da FUNDACC.

”Trabalhamos principalmente com as novas mídias, até por que é uma área que alcança um número significativo de espectadores fazendo com que chegue a informação ao maior número de pessoas possíveis”, explica Mara. O importante é fazer isso sempre inovando na área da comunicação, para que não falte o acesso à informação.

Mara também abordou a questão da assessoria de imprensa versus redação. “Eu acho que o jornalista tem que passar por todos veículos, eu já passei pelo rádio, redação, TV, jornal impresso e agora estou quase me especializando na área de assessoria”, afirmou.

Segundo a jornalista,  há uma distinção entre assessoria de imprensa e assessoria de comunicação. A de comunicação é mais voltada a um trabalho como um todo, dentro de um setor, trabalha com filmagem, fotografia, mídias sociais. Para Mara, esse segmento é importante principalmente para as empresas.

“Hoje muita gente faz assessoria à distância e a pessoa acaba não vivenciando a experiência e a emoção do momento”, explica.

Mara explanou ainda sobre as publicações mensais da FUNDACC, como por exemplo o Obelisco, que é produzido pelos estagiários e profissionais da comunicação da Prefeitura. A assessora abordou os diversos temas e capas de cada mês, como é organizada a agenda de eventos e shows da cidade, circulação do folheto, e como funciona a organização e horários de fechamento das publicações.

 

A praia foi cercada em ação promovida pelo SOS Praia da Mococa e apoio da Subprefeitura local

Funcionários de empresa terceirizada fincaram pontaletes em toda a orla da praia.

A Praia da Mococa, em Caraguatatuba, passou por um mutirão de limpeza no sábado(30 de agosto) e, em seguida, foi inteiramente cercada com pontaletes de madeira a fim de impedir o acesso de veículos na areia. A ação foi promovida pelo grupo SOS Praia da Mococa, que teve como objetivo preservar a vegetação nativa da praia e dar exclusividade aos banhistas.

Vista de cima dos pontaletes já colocados na praia (Foto: Cláudio Gomes)

Segundo o administrador da Subprefeitura da região Norte de Caraguá, Marcelo Pereira, “essa ação já era para ser realizada há muito tempo, visto que a  lei proíbe a entrada de veículos na orla da praia“. Pereira adianta que a ação prosseguirá neste sábado(8), quando serão colocadas placas de sinalização informando e alertando a população sobre a vegetação nativa que ali se encontra. Serão plantadas também 40 mudas entre plantas frutíferas e mudas de árvores nativas.

No mutirão do sábado passado, participaram 25 voluntários, além de 15 funcionários e três caminhões da subprefeitura.

O trabalho teve o apoio da Polícia Ambiental, da Secretaria de Urbanismo e de responsáveis pelo trânsito no município. A empresa que realizou a colocação dos pontaletes foi a Pioneira, que presta serviço á Prefeitura.

Polícia Ambiental e Secretaria de Urbanismo deram apoio à ação. (Foto: Patrícia Pereira)

A ação contou o apoio de comerciantes locais que forneceram gratuitamente água, refrigerantes, pães, mortadela, banana e, ainda, contribuíram com sacos de lixo para acondicionar o lixo recolhido na praia. Os colaboradores foram “Quiosque do Djalma” e “Panificadora TABAKANA”.

O custo total da ação ficou em torno de R$ 1.300,00 a 1.500,00, segundo o administrador da Subprefeitura da região Norte de Caraguá, Marcelo Pereira.

1 574

No próximo ano, serão iniciadas as obras de construção de um Centro de Fisiologia ligado ao Cemug

Estão abertas as inscrições para meninas, dos 14 aos 25 anos, que queiram integrar a seleção feminina de futebol de campo de Caraguatatuba e que sejam residentes na Cidade.

Segundo Alan Felipe dos Santos, coordenador de eventos e esporte do Centro Esportivo Ubaldo Gonçalves (Cemug), a Secretaria disponibiliza anualmente 6 milhões para investir nos esportes. “Usaremos parte deste valor no futebol feminino de campo”, afirma.

Há um projeto em andamento para a construção de um centro de fisiologia para atletas da Secretaria de Esportes de Caraguá, com início previsto para 2018, que foi apresentado ao Prefeito Aguilar Jr.

O centro de fisiologia contará com academia, sala de musculação, massagistas particulares, hidromassagem, piscina térmica, sistema de ultrassonografia e equipamentos de alto padrão. Serão investidos na obra 600 mil reais.

A equipe de futebol feminino de campo atualmente passa por dificuldades tanto financeiras como de infraestrutura pois não possui uma sede própria. A Secretaria de Esportes diz estar divulgando os treinos por intermédio de rádios como a Integração FM, Caraguá FM e Rádio Oceânica. Além disso, serão dados incentivos às atletas como pagamento de inscrições individuais, alimentação, cessão do campo para atletas treinarem e veículo para viagens.

Alan Felipe dos Santos afirma que a prefeitura pretende fazer investimentos na equipe. (Foto: Patrícia Pereira)

“Nossa sociedade é muito discriminadora e o futebol feminino ainda sofre muito com o preconceito. Falta ainda investimentos nesta categoria. As atletas fogem do esporte pois precocemente iniciam no mercado informal de trabalho para ajudarem as famílias ou se firmam nos estudos, buscando outras profissões bem mais rentáveis”, afirma Alan.

Segundo Ivan Leonel, coordenador de esportes da Secretaria, em Caraguá pratica-se em larga escala o futsal. Por conta disso,  nunca se firmou um processo de divulgação e implantação de um trabalho com a base do futebol.  “No futebol de campo feminino, o trabalho é bem difícil e esbarramos com o horário de trabalho e estudo das atletas”.

“A grande dificuldade é não haver uma cultura do futebol de campo feminino na Cidade, já que o foco sempre foi o futsal, que é a grande potência da cidade”, explica Pérsio Monteiro, treinador da seleção feminina de futebol de campo de Caraguá. O técnico é formado em Educação Física pelo Centro Universitário Modulo e pós graduado em futebol e futsal pela Universidade Gama Filho de São Paulo, além de possuir inúmeros cursos de extensão. Ele já atua à frente de equipes de futebol feminino desde 2007, quando começou com a seleção de Ubatuba. Pérsio está no seu primeiro ano junto à equipe de Caraguá.

A equipe participa de vários amistosos, campeonatos e jogos oficiais. Recentemente, a seleção participou dos Joguinhos da Juventude, edição 2017, com a seleção sub-19, e também está disputando a 7° copa regional de futebol feminino adulto. A prioridade agora é a preparação para os Jogos Regionais, dos quais a cidade será sede.

A seleção recentemente conquistou um fato inédito. Depois de dez anos sem vencer nesta modalidade, foi campeã da fase litoral dos Joguinhos da Juventude este ano.

Pérsio destaca que por conta de estar iniciando o trabalho com o futebol feminino, há dificuldade de conseguir uma melhor infraestrutura e incentivos como, por exemplo, vale-transporte para locomoção das atletas. “Mas acredito que quanto mais mostrarmos nosso trabalho mais ganharemos confiança e benefícios”.

As interessadas em integrar a seleção de futebol feminino devem comparecer ao Cemug munidas do RG original. As jogadoras serão observadas pelos professores Pérsio Monteiro e Ivan Leonel. O Cemug fica na Av. José Herculano, 50 – Jardim Britânia. Outras informações pelo telefone (12) 3885-2200/2166. As aprovadas integrarão a equipe de futebol feminino do município.

3 328

Nesta fase os caiçaras serão retratados. A primeira fase contemplou os indígenas e a segunda, os negros.

Frente ao Museu de Arte e Cultura de Caraguatatuba (MACC) Foto:(Patrícia Pereira)

Museu de Arte e Cultura de Caraguatatuba (MACC) apresenta até o dia 10 de junho a exposição do projeto Origens Caiçaras, que se encontra na sua terceira fase, retratando a vida, costumes, lendas e festas religiosas realizadas pelo povo caiçara. Ceramistas do grupo Ubuntu de Caraguatatuba e ceramistas do grupo OCA de Ubatuba são os expositores.

A exposição conta com  mais de 60 peças de esculturas em cerâmica e obras plásticas para apreciação, organizada em três momentos: na primeira sala há retratações das festas; já na segunda sala é possível encontrar as peças livres, com paisagens da serra do mar, e na última são apresentadas as lendas e contos dos caiçaras.

Segundo Mara Cirilo, Secretária de Cultura de Caraguatatuba, são grandes as expectativas em relação a visita ao decorrer da exposição. “Estimamos que visitarão a exposição mais de mil pessoas até o termino do evento, por conta de Caraguatatuba ser uma cidade com a maioria da população caiçara e suas raízes serem predominantes”, afirma a secretária.

A primeira fase da exposição retratou os índios e a segunda, os negros. O evento pode ser visitado no MACC (Praça Cândido Mota, nº 72), no centro da cidade,  e está sendo realizada pela a Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba (FUNDACC) junto com a Prefeitura Municipal da Cidade.

O horário de visitação é de terça-feira a sábado, das 10 ás 18 horas. A exposição é aberta ao público. Mais informações pelo telefone( 12) 3883-9980.

OUTRAS NOTÍCIAS

0 29
O Centro Universitário Módulo inaugurou novos laboratórios para os cursos de Engenharia Civil e Engenharia de Produção, sendo a primeira instituição do Vale do...